quarta-feira, outubro 23, 2013

Resenha: Perdida - Carina Rissi

Sinopse: Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

~ATENÇÃO: pode conter spoilers~

De tantas resenhas que li, a primeira impressão que eu tive de Perdida foi que seria um festival de clichês. Até a própria sinopse remete a isso, não acham? Mas apesar de ter um clichê aqui e outro ali, Perdida não deixa de ser uma história divertida e envolvente, que até colocou lágrimas nos meus olhos em certos trechos, imaginem só!

Conta a história de Sofia, que me cativou logo nas primeiras páginas. Diferente da maioria das protagonistas, Sofia não é boba, não é dependente de ninguém e não é burra. É uma mulher moderna, forte e viciada em tecnologia, o que faz muitas leitoras se identificarem. Carina Rissi me pegou pelo pé criando Sofia como uma pessoa que pode servir de exemplo para as jovens mulheres que lerão o livro. É uma personagem que vale a pena ter sua história lida.

O que acontece com Sofia é meio estranho, admito, e a explicação do fim é um pouco mirabolante demais. Gostaria que a autora tivesse explorado um pouco mais o universo de viagem no tempo, porque algumas regras básicas não foram respeitadas. Mas isso é um romance, não é um exemplar de ficção científica, certo?

O outro personagem principal, Ian Clarke, é um verdadeiro príncipe encantado! Ele consegue ser bom e cavalheiro, sem ser clichê. Há defeitos e virtudes em Ian e eu posso acreditar firmemente que ele é uma pessoa real. Isso sem dúvida me ajudou a entrar na história. Há algumas cenas quentes entre o casal principal, mas apesar de não serem meu tipo favorito de cena, não têm nada demais. Só são um pouquinho picantes, o que deve ser divertido pra fãs do gênero. A melhor parte sobre Ian e Sofia, é como a paixão deles nasce e cresce gradualmente, não é nada de uma hora pra outra. Apesar de estarmos só na cabeça de Sofia, podemos ver nitidamente o comportamento de Ian mudando também. E podemos nos apaixonar por Ian, um capítulo de cada vez.

Perdida com certeza me conquistou e eu o recomendo pra todos que estejam a fim de uma leitura rápida (devorei o livro em dois dias!) e divertida. As piadas não são piegas e nem repetitivas. Soube que vai ter uma adaptação pro cinema e já estou ansiosa pra saber quem vai ser meu Ian (apesar de achar que ninguém vai ser bom o suficiente).

O que mais gostei: A personagem é forte e não vê a paixão de um jeito clichê e bobo como na maioria dos romances.

O que menos gostei: Alguns dos personagens secundários não tiveram uma chance de se destacar na história. Meus lindos Madalena e Gomes roubaram a cena diversas vezes, entrando na minha lista de favoritos, mas personagens como Nina e Rafa, por exemplo, ficaram muito no background. Quem sabe em Perdida 2?

Nota: 8,5

6 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Posso gritar com esse livro? Ele é lindo demais! Eu amei tudo, é lindo e lindo :)

    Seu blog está lindo, viu? Estou seguindo e pretendo voltar sempre.

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada por seguir. Vou seguir de volta.
      Beijos.

      Excluir
  2. Ouço falar muito desse livro, e ainda mais depois dessa história de adaptação pro cinema. Ainda não li, mas está na minha listinha de futuras leituras.
    Mas dá um medo de adaptação cinematográfica brasileira =/ já fico imaginando que vai virar uma comédia com Ingrid Guimarães e Selton Mello. kkkk
    Espero que não :DD rs

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa espero que não também! hahaha
      Beijos

      Excluir
  3. Oie, tudo bem?
    Esse é o tipo de livro que eu já morri de vontade de ler, mas que hoje em dia não sinto nada. Não sei se iria gostar da leitura, apesar da história ser bem bonitinha ^^

    Beijos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é fofa e tal, mas não é tão açucarada quando parece hahaha Eu adorei, e não sou muito fã das comédias românticas tradicionais.
      Beijos

      Excluir